Escolha uma Página

O barco ia pelo mar, cruzando as ondas que fortemente batiam no seu casco. A madeira era resistente pois tinha sido extraída de uma árvore plantada no litoral, castigada durante muitos anos pelas chuvas e os ventos que vinham do oceano. Foi exatamente isso que a tornou forte. Por estar constantemente exposta aos fortes ventos, criou uma envergadura natural, ideal para o casco de embarcações.

Quem já não se sentiu assim, exposto, no meio de um temporal, sofrendo e se sentindo castigado por uma ventania que parece nunca cessar? São as provações da vida – situações difíceis em que passamos grandes aflições.

As provações acontecem em nossas vidas sem que tenhamos pedido por elas. Não queremos, não desejamos, não buscamos, mas elas simplesmente acontecem, e não há nada que possamos fazer para impedi-las. O que podemos escolher é como vamos agir diante de uma provação. Nesse assunto não existe melhor exemplo do que Jó. A bíblia diz que ele “era um homem íntegro e justo, temia a Deus e evitava fazer o mal” (Jó 1.1). Mesmo assim ele passou por grandes provações, perdeu tudo (família, bens, saúde) só não perdeu a fé em Deus; “Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor” (Jó 1. 21).

Tiago, irmão de Jesus, escreveu no seu livro: “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma” (Tiago 1.2).
Claro que passar por uma provação não é agradável, mas se formos perseverantes nos tornaremos mais maduros e íntegros. Assim como a árvore exposta aos ventos do litoral se tornou mais forte e mais adequada à construção do barco, nós também nos tornaremos mais fortes e preparados para a vida depois de perseverarmos nas provações.

Se assim como eu você também tem passado por provações deve saber, não é fácil, mas a ajuda vem nos próximos versículos de Tiago: “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Peça-a porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento. Não pense tal pessoa que receberá coisa alguma do Senhor, pois tem mente dividida e é instável em tudo o que faz”.
É preciso ter sabedoria para passar pelas provações. Saber e fazer o que é certo. Sem a sabedoria que vem de Deus acabamos agindo pela no ssa própria consciência ou pela opinião dos outros (nem sempre é a melhor solução). Deus tem prazer em nos dar sabedoria para as pequenas e grandes coisas da vida. Ele só impôs uma condição – pedir com fé. “E a fé vem por se ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo” (Romanos 10.17). Ouça, leia, estude e ore – Ele nos dará fé, sabedoria e muitas outras dádivas.

“Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. (2Coríntios 12.9)