Escolha uma Página

Você já deve ter se deparado com algum trecho da bíblia que descreve genealogias. Fulano, pai de Beltrano, filho de Siclano, e por aí vai. Haja paciência para ler as longas listas de nomes!

Porém, nesses dias, achei algo interessante no meio de uma genealogia bíblica. O capítulo 5 de Gênesis descreve as gerações desde Adão até Noé. Ele diz: “Aos 130 anos, Adão gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem; e deu-lhe o nome de Sete. Depois que gerou Sete, Adão viveu 800 anos e gerou outros filhos e filhas. Viveu ao todo 930 anos e morreu.” (Gn 5.3-5). O texto segue falando das gerações seguintes, sempre com esse mesmo padrão: “Aos 90 anos, Enos gerou Cainã. Depois que gerou Cainã, Enos viveu 815 anos e gerou outros filhos e filhas. Viveu ao todo 905 anos e morreu” (Gn 5.9-11).
 
O curioso é que ao chegar ao versículo 21, o texto diz: “Aos 65 anos, Enoque gerou Matusalém. Depois que gerou Matusalém Enoque andou com Deus 300 anos e gerou outros filhos e filhas.” (Gn 5.21-22). Não é interessante? Quando Deus criou o homem, deu a ele livre arbítrio para fazer suas próprias escolhas. Adão e Eva escolheram a desobediência e foram expulsos do Jardim do Éden, porém vemos desde as primeiras gerações – Caim e Abel – uma busca pelo relacionamento com Deus (Gn 4.3-5).

Somos livres para viver a nossa vida sozinhos ou ao lado de Deus, mas esse texto me fez pensar – como a nossa história vai ser escrita? Será que minha vida vai ser lembrada como alguém que, mesmo tendo livre escolha, optou por andar com Deus?

No meio de dez gerações Enoque se destacou – diferentemente de seu pai e dos outros que viveram antes dele, sua vida foi marcada pela opção que fez – andar com Deus.

Andar é um ato continuo e diário, algo que faz parte da nossa rotina, do nosso dia-a-dia. A escolha de Enoque agradou a Deus e Ele o recompensou. Ele foi o único homem (além de Elias) que não experimentou a morte – ele foi arrebatado. “Viveu ao todo 365 anos. Enoque andou com Deus; e já não foi encontrado, pois Deus o havia arrebatado.” (Gn 5.23).

Noé – outro homem que a bíblia diz que “andou com Deus” (Gn 6.9) – também foi salvo da morte. Ele e sua família foram os únicos sobreviventes de um dilúvio que exterminou a raça humana.

Não sei em que estágio da vida você está – os homens daquela época viviam muito mais do que os de hoje – mas nunca é tarde para fazer a escolha de andar com Deus. Pode ter certeza de que esta escolha vai marcar pra sempre a sua história.

Aline Cândido