Escolha uma Página

O dia em Bento Gonçalves foi muito rico! Aprecio muito conhecer lugares diferentes, mas ainda mais conversar com as pessoas e saber suas histórias.

1. Vinícola Salton – Vale do Rio das Antas

De manhã visitamos a Vinícola Salton (passeio de adulto, a Malu não curtiu). Nossa visita foi guiada por Liomar, que nos explicou todo o processo de fabricação do vinho e terminou com a degustação de alguns produtos (além de vinho tinto e branco, Salton também fabrica espumante, licor e suco de uva).

Gostei bastante. Fábricas no geral encantam. A produção de vinho é mais automatizada, mas a linha de sucos e espumantes tem mais gente trabalhando.

Fachada da vinícola
Em uma das salas, painéis pintados à mão contam a história da vinícola Salton.

Tanques de fermentação

Linha de produção

Barris de madeira
Esse vinho fica “descansando” 1 ano na garrafa!

Parreiras – Uva Cabernet Sauvignon

A safra é entre janeiro e março
Caminhos de Pedra é um roteiro no interior de Bento Gonçalves que possui o maior acervo de casas antigas, cultura e história da imigração italiana à serra gaúcha.

2. Restaurante Nona Ludia – Caminhos de Pedra
 

Almoçamos no Restaurante Nona Ludia, um restaurante típico colonial italiano.
A casa foi construída em 1880 e restaurada em 1994. O ambiente é ótimo, o atendimento impecável e a comida muito gostosa também.

Restaurante Nona Ludia

Restaurante Nona Ludia

Ao lado da casa existe uma enorme árvore (Umbu).
 

3. Casa da Ovelha – Caminhos de Pedra

A seguir visitamos a Casa da Ovelha. A casa toda de madeira foi construída em 1917. A casa foi comprada e transportada sobre um caminhão a 100 metros do local original. Nela hoje funciona a Casa da Ovelha, indústria de alimentos feitos a partir do leite da ovelha (queijos, iogurtes, doces sem lactose e sem glúten).
A visitação inclui um vídeo explicativo, degustação de alguns queijos e a visita ao rebanho.

Casa da Ovelha 

 
Dois dias antes haviam nascido 71 ovelhas. Como são fofos os filhotes!
 

71 ovelhas com 2 dias de vida!

Ovelhinha tomando leite na mamadeira

 

4. Casa dos Doces Predebon – Caminhos de Pedra

Visitamos apenas mais um dos locais do Caminhos de Pedra – Casa dos Doces Predebon. Os doces são feitos no porão da casa por Dona Santina, seu marido e filho.


Casa dos Doces Predebon

Dona Santina – Casa dos Doces Predebon
5. Vale do Rio das Antas

Aproveitamos a soneca da Malu no carro para visitar alguns mirantes do Vale do Rio das Antas.

A ponte do Rio das Antas é uma das maiores com arcos paralelos suspensos.
Rio das Antas
O mirante da Ferradura revela uma paisagem linda, onde o rio contorna a montanha formando uma ferradura.
Vista do Mirante da Ferradura (olha a chuva no horizonte)
6. Sucos MenoncinVale do Rio das Antas

Pra terminar o dia antes que a chuva nos pegasse no caminho, visitamos a fábrica de sucos Menoncin. A Glória nos recebeu super bem (a fábrica fica ao lado da sua casa). Ela nos contou toda a história da Menoncin, provamos (e aprovamos) o suco!
É, sem dúvida nenhuma, o melhor suco de uva que eu já tomei!
Sucos Menoncin também fica no Vale do Rio das Antas, mas talvez não seja tão visitado pois o acesso é por estrada de terra. 
No caminho um mirante do Vale dos vinhedos. Olhando de longe os morros verdinhos, parece apenas grama, mas ao chegar perto vemos os vinhedos. Que paisagem! Coisa linda de se ver!  
 
Mirante – Vale dos Vinhedos

Mirante – Vale dos Vinhedos

Mirante – Vale dos Vinhedos

Mirante – Vale dos Vinhedos

A receita da avó italiana deu origem à fábrica de sucos Menoncin.


Links:

Vinícola Salton

Roteiro Vale do Rio das Antas

Roteiro Caminhos de Pedra

Casa da Ovelha

Restaurante Nona Ludia

Sucos de uva Menoncin