Escolha uma Página

O Instituto Inhotim de longe, parece apenas um Jardim Botânico gigante. De perto, está mais para País das Maravilhas da Alice.

Inhotim tem um grande conjunto de obras de arte contemporânea, espalhadas numa área de 97 hectares de Jardim Botânico. O paisagismo teve a influência de Roberto Burle Marx e em toda a área são encontradas espécies vegetais raras. Inhotim tem uma das maiores coleções de palmeiras do mundo (mais de 1.400 espécies!).

Banco feito de tronco de árvore gigante
Todos os caminhos de Inhotim tem bancos gigantes como esse. Não é demais?!

Espalhadas por esses 97 hectares, estão obras de Helio Oiticica, Cildo Meireles, Adriana Varejão, Chris Burden, entre outros.

Magic Square – Hélio Oiticica

Galeria Cosmococa

Galeria Lygia Pape
A bicaMarepe
Rodoviária de Brumadinho – John Ahearn e Rigoberto Torres
Abre a porta – John Ahearn e Rigoberto Torres

Para os quase leigos em arte contemporânea (como eu) fica a experiência de se deparar com uma obra de arte em cada canto e deixar-se influenciar por ela. Em cada galeria que eu entrava fazia uma reflexão: o que estou sentindo vendo essa obra? Qual mensagem o artista quis passar?

 
Vegetation Room Inhotim  – Cristina Iglesias
 
Troca-troca – Jarbas Borges 

Algumas obras, é verdade, são tão “diferentes” (pra não dizer non-sense) que não parecem obra de arte. Mas quem sou eu para julgar o artista e sua obra?

Já outras, como o Desvio para o Vermelho de Cildo Meirelles, Tetéia de Lygia Pape e Elevazione de Giuseppe Penone, mexeram com meus sentimentos/sensações.

É proibido tirar fotos no interior das galerias, mas consegui fotos na internet para ilustrar as obras que citei.

Desvio para o vermelho – Cildo Meirelles
No final desse quarto (Desvio para o vermelho), uma tinta vermelha no chão leva a uma sala totalmente escura, breu mesmo. Dá quase para tocar o escuro.

No meio do breu há um foco de luz numa pia que jorra um líquido vermelho. Confesso que não consegui chegar perto de tanto medo. Acho que o artista atingiu o objetivo. Mexeu comigo!

Nessa obra de Lygia Pape, fios metálicos iluminados cruzam o ambiente. Parecem fios dourados suspensos. E movimentando-se ao redor da obra, novas formas surgem.
Tetéia – Lygia Pape
Essa árvore de bronze está suspensa entre 5 árvores reais. A ideia do artista é que com o tempo a copa das árvores reais possam fundir-se com a árvore artificial.
Elevazione – Giuseppe Penone

O instituto é gigante e para conhecê-lo todinho é preciso mais do que um dia. Inclusive, há venda de ingressos com descontos progressivos para quem vai visitá-lo em mais de 2 dias seguidos.

Restaurante Oiticica

Vá a Inhotim se:
– Você gosta de arte
– Aprecia a natureza
– Gosta de andar

Não vá a Inhotim:
– Com pressa
– Com crianças pequenas (não há atividades para elas e as distâncias entre as obras são muito grandes para os pequenos andarem).

Inhotim fica na cidade de Brumadinho, há 60 km de Belo Horizonte.

http://www.inhotim.org.br