Escolha uma Página
“Neste mundo eu reparei o seguinte: no lugar onde deviam estar a justiça e o direito, o que a gente encontra é a maldade.“1
Essa frase poderia ser minha, ou sua talvez. Poderia ser de um jovem que acabou de ser assaltado no semáforo, depois de um dia intenso de trabalho. Poderia ser também daquela mulher que perdeu o filho num acidente trágico. Ou dos familiares que perderam seu ente querido para o câncer e consequentemente para a morte. Poderia ser de muitos de nós, vivendo hoje, em São Paulo ou em qualquer outro canto do mundo, mas essa frase foi escrita por um sábio, há 900 anos antes de Cristo! Veja você! O mundo já não era lá essas coisas, né? 
Essa semana minha família teve a casa invadida por ladrões. Graças a Deus o prejuízo financeiro foi pequeno, mas o emocional, esse sempre é maior. A casa é o nosso porto seguro, é pra onde voltamos no fim do dia e relaxamos, descansamos, dormimos. Pensar que esse porto seguro não é seguro e pode ser violado quando você menos espera, mexe com as nossas estruturas.

Quem nunca se questionou (ou questionou a Deus) diante de situações ruins que atire a primeira pedra! Por que coisas ruins acontecem a pessoas boas?
Eu não sei, mas esse mesmo sábio de 900 anos atrás tinha os mesmos dilemas que temos hoje.
“Como é que alguém pode descobrir o sentido das coisas que acontecem? Isso é profundo demais para nós e muito difícil de entender.” 2
“Por que será que as pessoas cometem crimes com tanta facilidade? É porque os criminosos não são castigados logo. Um criminoso pode cometer cem crimes e continuar a viver. Sim, eu sei que dizem: ‘Se você temer a Deus, tudo lhe correrá bem; mas não correrá bem para os maus. A vida deles passa como a sombra: morrerão jovens porque não temem a Deus’. Mas isso não tem sentido. Vejam o que acontece no mundo: muitas vezes os bons são castigados, e não os maus; e os maus são premiados, e não os bons. É o que eu digo: isso também é ilusão.”3

“…a gente pode ficar acordado dia e noite e mesmo assim nunca será capaz de entender o que Deus faz. Por mais que a gente se esforce, nunca entende… Ninguém sabe nada do que vai acontecer no futuro, mas isso não faz diferença. Pois a mesma coisa acontece com os honestos e os desonestos, os bons e os maus, os religiosos e os não-religiosos, os que adoram a Deus e os que não adoram. A mesma coisa acontece com quem é bom e com quem é pecador, com a pessoa que faz juramentos e com quem não faz. A mesma coisa acontece com todos; e isso é o pior de tudo o que acontece neste mundo.” 4

Bom… se o sol nasce para todos e a tempestade não escolhe endereço, qual é a vantagem em ser “amigo de Deus”?
Muitas! Algumas são até difíceis de explicar, só vivendo para entender. Mas diante do que nos aconteceu essa semana, pensei no que Jesus disse quando apareceu aos discípulos depois de ressuscitar: “E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.”

Ele não prometeu uma vida sem obstáculos, mas prometeu ser a nossa companhia até o fim! E isso faz TODA diferença! 

A caminhada está difícil? Que tal dividir a jornada com Jesus?
Aline Cândido

1) Eclesiastes 3.16
2) Eclesiastes 7.24
3) Eclesiastes 8.11-14
4) Eclesiastes 8.16-9.3
5) Mateus 28.20