Escolha uma Página

Um dia Deus resolveu me dar um presente. Embrulhou uma semente de Alegria e arrematou com um lacinho cor de rosa.
Transplantada em meu ventre, a semente cresceu, cresceu, cresceu… Tanto que não cabia mais em mim. Resolveu sair e conhecer o mundo que existe por aí.

Cinco… Quase seis anos depois, aqui estou eu, com um pé de Alegria em minha casa.
Todos os dias rimos juntas fazendo caretas em frente ao espelho, brincando de ser invisível, trocando as letras das palavras, ouvindo e contando centenas de histórias, ganhando e perdendo nos jogos (mas o importante é se divertir, como ela sempre me diz), rindo, gargalhando… até perder o fôlego!
A semente germinou, cresceu e cresce forte, estende seus galhos sobre todos, frutifica aqui dentro de mim.

A vida seria tão  cinza sem Alegria.

Todos os dias ela me inunda de um jeito e transbordo em lágrimas quando paro e penso, que essa árvore vai crescer ainda mais e fazer sombra em outros lugares.

Colho os seus frutos diariamente e em textos como esse recolho suas sementinhas.
Estão agora plantadas em minha mente e coração para que eu tenha sempre Alegria perto de mim.

Te amo filha.

“Os filhos são um presente do Senhor; eles são uma verdadeira bênção.”
‭‭Salmos‬ ‭127:3‬ ‭NTLH‬‬

Aline Cândido