Escolha uma Página
Andando pelas ruas da cidade vejo muitos ipês floridos! Ah como eu adoro essa época do ano!
A cidade cinza fica mais colorida, mais viva, às portas da primavera. 



 
Os ipês amarelos colorem os céus, mas por pouco tempo! Parece que num piscar de olhos as flores caem e formam tapetes no chão. Um dia ele estava ali formoso, florido… no outro dia o ipê volta a ficar “pelado”, pronto para receber novas folhagens. 


“Vejam como crescem as flores do campo: elas não trabalham nem fazem roupas para si mesmas… É Deus quem veste a erva do campo, que hoje dá flor e amanhã desaparece, queimada no forno. Então é claro que Ele vestirá também vocês, que tem uma fé tão pequena!” Mateus 6.28-30
O que temos nas mãos? Só o presente. O dia de hoje. Assim como o ipê pode ser que amanhã não estejamos mais aqui, ou pelo menos não na mesma situação. 
Gastamos tanto tempo e energia nos preocupando com o amanhã que ainda nem chegou! Poderíamos gastar esse mesmo tempo e energia nos dedicando a Deus e confiando nele. Isso sim faria diferença!
“Não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.” Mateus 6.34 

 

Texto: Aline Cândido